Feeds:
Posts
Comentários
*

Pais e encarregados de cuidar das crianças, são pessoas muito ocupadas. Cheias de responsabilidades, emprego fora de casa, roupa para lavar, casa para cuidar, etc. No entanto, por mais ocupados que possam ser, eis aqui um monte de coisas que elas podem fazer, sem atrapalhar seus afazeres corriqueiros, e que vai auxiliar suas crianças pequenas a se prepararem melhor para enfrentar a Escola. Como as pessoas não estão dispostas a deixarem sua rotina diária de lado para se dedicarem às suas crianças, eis aqui algumas sugestões. São Pequenas coisas que tem um grande efeito. A maioria destas coisas custam pouco ou nada, e podem ser feitas sem alterar o ritmo de sua rotina diária. 

Veja então a seguir, 15 Coisas Simples que qualquer Pai ou responsável pode fazer para ajudar seus filhos a aprenderem mais. 

  1. Escute-os e preste mais atenção aos seus problemas ou probleminhas;
  2. Leia com eles;
  3. Conte-lhes histórias da família;
  4. Limite seu tempo de ver televisão ou no computador;
  5. Tenha sempre livros e outros materiais de leitura espalhados pela casa;
  6. Ajude-os a encontrar “aquelas palavras” no dicionário;
  7. Motive-os a usar e consultar uma Enciclopédia, ao invés de pegar tudo pronto;
  8. Compartilhe suas histórias, Poemas e Canções favoritas com eles;
  9. Leve-os à Biblioteca para que tenham seu próprio cartão de acesso aos livros;
  10. Leve-os aos Museus e Lugares Históricos, sempre que possível;
  11. Discuta as novidades do dia ou o que achar que é mais interessante com eles;
  12. Explore as coisas junto com eles e aprenda sobre plantas, animais, história e geografia, etc.;
  13. Ache um lugar sossegado para eles estudarem;
  14. Faça sempre uma revisão nas suas tarefas de casa;
  15. Mantenha sempre contato com seus professores.

Fonte: U.S. Department of Education/Helping Your Child Get Ready For School series
Revisão: Site de Dicas.
http://sitededicas.uol.com.br/artigo3at.htm

—————————————————————————————————————————————————————–  

A disciplina é a pedagogia do amor

“É bom corrigir e disciplinar a criança. Quando todas as suas vontades são feitas, ela acaba fazendo a sua mãe passar vergonha” (Pv 29.15 – BNLH) Com razão disse o escritor Henry Cloud: “O objetivo principal da criação dos filhos é a formação do seu caráter”; e a disciplina é vital nesse processo. A Bíblia diz, no livro de Provérbios: “Não retires a disciplina da criança…” (Pv 23.13). Toda criança é astuta por natureza desde o nascimento. O que os pais precisam saber é que o resultado do excesso de carinho sem disciplina é a formação de um filho “delinqüente”.
Vejamos quais são alguns dos benefícios da disciplina:
w Desenvolve o senso de responsabilidade e respeito à autoridade; 
w Ensina que limites existem para serem respeitados; 
w Contribui na formação de um caráter íntegro; e
w Ensina a obediência e a submissão.
w que é necessário para que a disciplina seja aplicada com eficiência?
w Aplique-a com equilíbrio;
w Deixe claro para o filho que a disciplina é um ato de amor;
w Aplique a disciplina de modo lúcido;
w Nunca discipline seu filho publicamente, expondo-o à vergonha. Essse tipo de disciplina produz efeito contrário; 
w Após a disciplina, ore com o seu filho; e
w Não anule a disciplina que foi aplicada ao filho pelo cônjuge.
Um pergunta comum que a maioria dos pais faz é esta: “Quando o filho adolescente dá algum motivo, os pais devem aplicar a disciplina fazendo uso da “vara”, no sentido literal?
 O Dr. James Dobson, em seu livro Ouse Disciplinar, diz que:  “Os pais não devem surrar um filho adolescente”. Os adolescentes desejam, desesperadamente, ser considerados como adultos. Eles se ressentem demais quando são tratados como crianças. A surra é o máximo do insulto.  A disciplina aplicada para os adolescentes deve envolver a perda de privilégios, a privação financeira e outras formas relacionadas de retribuição não-física.
O apóstolo Paulo, instruindo os pais da igreja de Éfeso, escreveu: “E vós, pais, não provoqueis vossos filhos à ira,  mas criai-os na doutrina e admoestação do Senhor” (Ef 6.4). É através da forma de como você aplica a disciplina no seu filho que ele vai conseguir entender que o que você fez foi um ato de amor.  Há um versículo no livro de Provérbios que diz: “Disciplina o teu filho enquanto há esperança …” (Pv 19.18).

 Fonte: http://www.josuegoncalves.com.br/familiaegraca/

Anúncios